Notícias e Opinião
Novo Desafio: Engenho da Fazenda Gloria do Mundo

RELATÓRIO DA VISITA REALIZADA AO ENGENHO DA FAZENDA GLÓRIA DO MUNDO EM WERNECK – PARAÍBA DO SUL, DIA 14 DE NOVEMBRO DE 2015.

 

Informações obtidas do Sr. Paulo Moraes Vizeu, proprietário do Engenho, em visita realizada por Ricardo Wendling, Gina Reggiori e Vicente Torres de Castro Júnior:

 

Inicialmente o Sr.Paulo nos informou que já existe processo de tombamento do imóvel pelo INEPAC, e que em reunião com o Ministério Público foram informados do tombamento. Declarou também que tem interesse em vender a propriedade por não ter recursos para seu restauro.

 

Impressões iniciais:

Ao adentrarmos ao Engenho, visualizamos uma estrutura ainda bem conservada, sem risco aparente de desabamento, ao contrário da impressão que se tem do lado de fora do prédio, que aparenta estar em estado de iminente desabamento. A estrutura do telhado em bom estado, com apenas alguns pequenos pontos de vazamento. Observamos que, apesar do estado de abandono, estava em andamento um processo de limpeza do Engenho, tanto por fora, com a capina do entorno, quanto por dentro, visto que não encontramos entulhos em seu interior.

Logo na entrada, o Sr. Paulo nos informa que as telhas vieram de Marselha, na França e que toda a estrutura veio pronta da Europa, sendo apenas montada no local. Informou ainda que há quarenta anos está tudo parado, sem nenhuma atividade produtiva ou uso de qualquer natureza.

Observamos um grande eixo de ferro com várias roldanas (polias) no alto da estrutura, ocupando quase todo o comprimento do prédio e em uma das extremidades uma grande roda d´água que movimentava toda a engenhoca. Essas polias eram ligadas ao longo da construção por corrêas que acionavam os mecanismos de beneficiamento dos grãos.

A fazenda foi adquirida pela família Vizeu em 1918, pelo seu avô José da Mota Vizeu. Anteriormente o Barão de Palmeiras vendeu a propriedade ao advogado Caio Valadares (o mandante do assassinato do Juiz Cornélio de Magalhães Moraes - fato tido como o maior crime da Parahyba do Sul) que teria adquirido a fazenda para sua amante, cujo nome era Judite, que vendeu ao José da Mota Vizeu. Dr. Caio  se esquivou para o Acre e por lá ficou por 30 anos, e quando retornou, trouxe consigo sementes de jambo da amazônia, fruto que até hoje existe na propriedade.

Toda a estrutura era bem preparada para o beneficiamento do café e também para a produção de açúcar, que foi forçadamente paralisada pelo governo de Getúlio Vargas, que proibiu a produção de açúcar pelos pequenos engenhos. Daí, para aproveitar a grande plantação de cana e a estrutura já montada, a fazenda passou a produzir cachaça.

Uma curiosidade que envolve a propriedade foi contada pelo já idoso e ex escravo da fazenda conhecido como Cosme, que contou ao então menino Paulo que o segundo filho do barão era um "safadão", referindo-se ao estilo "bon-vivant" do jovem barãozinho. Ainda existe na propriedade uma cascata de pedra, que segundo o Sr. Paulo é uma namoradeira, utilizada pelo jovem para suas aventuras e desfrutes com belas jovens vindas da côrte. Era o próprio Cosme que, ainda menino e escravo, servia ao "barãozinho" durante as prazerozas noites à luz de tochas e quando possível, ao luar. Consta que o jovem barão foi assassinado no Rio de Janeiro em conseqüencia de seu estilo "mulherengo".

Uma nova realidade se descortina como uma esperança de preservação de um patrimônio único; talvez a mola propulsora para uma política de turismo receptivo para nossa cidade, por se tratar de obra única no estado. Prédios de engenhos, existem muitos, mas com toda a estrutura produtiva intacta não se tem notícia. Isso faz desse engenho um monumento, e portanto digno de ser preservado.

Ricardo Wendling

INTERIOR DO ENGENHO DA FAZENDA GLÓRIA DO MUNDO - PARHYBA DO SUL - Foto: Paul Soden

 
Leia +
MERECE REGISTRO
JUNTE-SE A NÓS!
A MUDANÇA DA BANDEIRA DO MUNICÍPIO
LANÇAMENTO DO SELO COMEMORATIVO AOS 20 ANOS DO IHGPS
DIRETORIA
IHGPS participa de Encontro Estadual
180? 332? 330 anos? Quantos anos de história tem Paraíba do Sul?
Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - E-mail